21 de January, 2016

Funcionários com opções de ações são mais inovadores

A necessidade de inovação nas empresas brasileiras é debate contínuo na mídia, na academia e no próprio ambiente corporativo. Executivos e empreendedores sabem que se não investirem em inovação dificilmente conseguirão a perenidade dos seus negócios.

No entanto, muitos reclamam das condições conjunturais do país e que prejudicam a inovação. Outros criam programas de inovação em suas empresas estruturando processos de empreendedorismo interno que levem à inovação.

Um dos mantras defendidos por especialistas em inovação para que esta palavra quase mágica seja sistematizada na empresa é o investimento em programas de estímulo ao comportamento inovador das pessoas, para que desenvolvam uma mentalidade inovadora.

Tal objetivo não se atinge apenas com treinamentos e explicações de quão importante é a inovação para o resultado do negócio. Há que se envolver as pessoas oferecendo a elas estímulos claros, tais como reconhecimento e recompensas.

No quesito recompensa há várias maneiras de se agir, seja ofertando bônus financeiro, prêmios etc. e, ainda, criar a opção de compra de ações da empresa pelos funcionários, não se restringindo tão opção apenas aos executivos em posição de liderança.

Isso foi demonstrado em um estudo liderado por Xin Chang, da Nanyang Business School, em Cingapura. Nesse trabalho, os pesquisadores observaram que as empresas que oferecem opções de ações generosas para funcionários não executivos são mais inovadoras.

Segundo os pesquisadores, isso ocorre porque os empregados têm mais razão de inovar quando seus incentivos estão ligados ao sucesso de longo prazo da empresa.

Dessa forma, o esforço atual para construir o futuro da empresa será recompensado não só aos empreendedores e líderes estratégicos, mas também aos que trabalham em posições de suporte, “carregando o piano”.

Aos empreendedores e executivos envolvidos com empresas em fase de crescimento cabe considerarem a conclusão deste estudo em suas ações estratégicas de incentivo à inovação.

Os funcionários querem fazer parte da história da empresa não apenas sendo remunerados de maneira justa hoje, mas sabendo que no futuro, quando o negócio prosperar, também usufruirão dos resultados.

Em resumo, se você é empreendedor e quer criar uma cultura inovadora em sua empresa, deve pensar em dividir a pizza de maneira clara agora para que ela cresça e todos saiam felizes.

Assim, seu legado será lembrado como alguém que liderou, de fato, uma empresa na qual os funcionários foram vistos como parte essencial dos resultados.

Categorias: [ Comportamento ] [ Estratégia ] [ Geral ] [ Inovação. ] [ Negócios ]

Comentário

Dr. José Dornelas

Empreendedor, palestrante e autor de livros best-seller.

[ veja a biografia ]

Meus Livros

Clique em cada livro para saber mais, degustar e comprar.

  • Empreendedorismo - 7ª Edição Revista e Ampliada Empreendedorismo - 7ª edição
    Transformando ideias em negócios. [+]
  • Plano de negócios com o modelo Canvas Introdução ao empreende- dorismo - 1ª edição
    Ludismo, jogos e empoderamento empreendedor. [+]
  • Plano de negócios, seu guia definitivo Plano de negócios, seu guia definitivo - 2ª edição
    Como planejar e criar um negócio de sucesso. [+]
  • Plano de negócios com o modelo Canvas Plano de negócios com o modelo Canvas
    Guia prático de avaliação de ideias a partir de exemplos. [+]
  • Empreendedorismo na Prática Empreendedorismo na prática - 3ª edição
    Mitos e verdades do empreendedor de sucesso. [+]
  • Empreendedorismo corporativoEmpreendedorismo corporativo - 3ª edição
    Como ser empreendedor, inovar e se diferenciar na sua empresa. [+]
  • Meus Outros Livros
Produzido por Webcore