1 de October, 2013

Caso 5 – Webcore – Dilema 2 – Livro Empreendedorismo

Fernando comentou várias vezes da dificuldade de montar uma equipe e de reter esses talentos. O que você acha que o empreendedor deveria fazer para motivar seus funcionários? Como incentivar o trabalho em equipe e ao mesmo tempo estimular o surgimento de lideranças chave, que serão essenciais para o crescimento da empresa?

21 Comentários

  1. Flavio Mendes de Assis - 12 de March, 2014 @ 1:31 pm

    Comunicação é essencial para reter talentos. Comunicar claramente as metas e estratégias da empresa é fundamental para que os talentos se sintam atraídos por ela (a empresa). Em todos os projetos, cada talento deve compreender bem o que de benefícios para ele naquele projeto. É importante que haja clara compreensão da estratégia e como a empresa atingirá os objetivos.
    Tendo estratégias bem definidas e um plano de ação claro, é importante que os talentos tenham suas próprias metas, que elas sejam específicas, mensuráveis, atingíveis e desafiadoras e que tenham um tempo específico para serem executadas.
    Feito isso, é preciso ter um programa de revisão das metas e sessões de feedback para cada talento, premiando e reconhecendo a superação de metas e tomando ações de correções quando necessário.
    E junto a todas essas ações, é importante uma inteligência de RH para identificar potenciais talentos que a empresa corre o risco de perder, os motivos e que ações de retenção sejam tomadas, com base na individualidade de cada caso. A gestão do conhecimento dos gestores e líderes da empresa é de igual importância. Há uma máxima que diz: “as pessoas não abandonam as empresas, mas sim seus líderes.”
    Há muita literatura a respeito, várias empresas com programas bem estabelecidos e fornecedores no mercado que oferecem consultoria nesse aspecto, o que pode ser uma boa opção para a Webcore. Ao pesquisar no google: “como reter talentos”, aparecem 244 mil resultados. Inúmeros artigos, notícias, consultorias e literaturas diversas.

  2. Alex Peixoto de Alencar - 20 de March, 2014 @ 10:41 pm

    Tomando como referência o próprio início da Webcore, quando Fernando e Winston identificaram que sua força de trabalho no antigo emprego poderia sustentar um empreendimento próprio, seguramente ele compreende a importância de colaboradores chave para sucesso da Webcore e semelhante ao que fizeram ao convidar Camila para ser sócia, ele pode criar um programa de incentivos para os colaboradores mais talentosos.
    Não apenas bonificações financeiras são atrativos para reter talentos, mas a construção de um ambiente corporativo agradável e motivador também estimula a criatividade e contribui para que o colaborador mantenha-se efetivamente envolvido.
    Há diversos mecanismos de incentivo para retenção de talentos e premiação baseada no reconhecimento e possíveis de serem implantadas na Webcore, entretanto Fernando também deverá estar preparado para oferecer apoio em determinadas circunstâncias, para que o colaborador que apresente um perfil empreendedor possa sair da condição de empregado para a condição de empreendedor iniciando um negócio como prestador de serviço e parceiro confiável da Webcore. Esse apoio seguramente será interpretado por aqueles colaboradores que optem por se manterem ainda como empregados da Webcore como uma opção a mais e não como uma ameaça futura.

  3. Rodrigo Antonio Viana - 22 de March, 2014 @ 3:50 pm

    Creio que esta é uma tarefa das mais difíceis o incentivo não pode ser só financeiro mas acredito que premiações para cumprimentos de metas, cursos pagos pela empresa para melhorar a qualificação dos funcionários, acho que seria o caminho para aumentar esta fidelização dos funcionários.
    RODRIGO ANTONIO VIANA

  4. Gustavo de Castro Freitas (MBA USP) - 22 de March, 2014 @ 5:03 pm

    Os dilemas de Fernando em relação a equipe não são diferentes dos enfrentados por muitas empresas. Minha visão é de que é preciso pensar no plano de carreira adequado para os funcionários, que valorize e reconheça os talentos mais promissores. Formas de fazer isso são variadas, mas bem sedimentadas, tais como programa de sócios, opções de conversão de prêmios em ações, entre outras.
    Incentivar o trabalho em equipe é essencial, e não é uma tarefa simples. Mas mais essencial é construir equipes que trabalhem em sinergia, na direção adequada, de forma ética e competitiva. As lideranças surgem, não apenas por seu conhecimento técnico, as especialmente pela competência e qualidade de diferenciar-se na condução dos projetos e desafios. Entender quais são essas lideranças, escolher as que são reconhecidas e oportunizar o seu crescimento é a melhor forma de formar equipes e empresas vencedoras. A meta inicial de Fernando já saiu do papel e agora a dedicação é em expandir-se com profissionais qualificados.

  5. Marcus Vinicius Vardi Rodrigues - MBA USP - 22 de March, 2014 @ 8:20 pm

    Uma empresa com numero de funcionarios reduzidos pode apresentar problemas pois eles podem sair e deixar um “buraco” dificil de ser preenchido, principalmente se for o unico a conhecer o trabalho dele na equipe, portanto acredito que sempre valorizando o funcionario atraves de salario (infelizmente TI tem uma rotatividade grande quando recebem propostas melhores) e outros incentivos tais como cursos,etc…

    Outra coisa importante seria deixar o funcionario a vontade na hora de opinar e sempre demonstrar que conta com ele e que sua opiniao importa, fazer ele sentir que esta’ contribuindo pois isso motiva ele a pensar em projetos novos e nao apenas executar o que foi mandado.

    Isso estimula a valorizar o funcionario e em contrapartida o empreendedor podera’ identificar possiveis liderancas e comprometimentos de cada funcionario, premiando o que tiver melhor espirito de lideranca e ideias.

  6. Márcio Zago (MBA USP) - 22 de March, 2014 @ 10:04 pm

    Objetivos claros e mensuráveis, atreladas a uma remuneração extra. Mesmo para cargos mais baixos, o mérito por alcançar objetivos é estimulante.
    Funcionários que não possuem metas, não sabem como o seu trabalho está contribuindo para o crescimento da empresa, e com isso o trabalho se torna uma repetição.
    Com objetivos claros ficará muito mais justa a cobrança e orientação por parte de qualquer gestor. A troca de feedbacks se dará por números concretos, e toda idéia será bem vinda, quando o foco é o resultado de um objetivo mensurável.
    Criar a cultura do:
    - planejar
    - orientar
    - revisar
    - executar
    - cobrar
    - retribuir

  7. Philippe de Abreu Duque - PECE/USP - 22 de March, 2014 @ 10:25 pm

    “Fazer com que o colaborador se sinta fazendo parte do crescimento da empresa, que consiga enxergar a importância do seu trabalho para esse crescimento e que seja reconhecido por isso, seja com uma promoção, seja com uma participação nos lucros, seja com vislumbrar um crescimento e desenvolvimento profissional, seja com até mesmo uma participação acionária para os profissionais de muito destaque.
    É sabido por todos a importância do trabalho em equipe, porém a base para essa união deverá ser a existência de um planejamento para o cumprimento das metas. O surgimento de lideranças-chave é essencial para o sucesso e deverá ser acompanhado de perto pelo alto escalão. Não podemos esquecer que essas lideranças sejam reconhecidas e aceitas pela equipe. Colocar uma pessoa em uma posição de liderança apenas pelo fato dela possuir conhecimento técnico sobre o assunto em questão, poderá ser um tiro no pé. O líder, além de possuir conhecimento técnicos, precisa possuir um perfil de liderança, estimular o trabalho em equipe e o mais importante, promover os membros da equipe e não se promover à partir deles.”

  8. David Henrique Branco Padrão - 23 de March, 2014 @ 10:05 pm

    Acredito que seja hora de discutir um plano de carreira e também a implementação de uma politica de metas para distribuição de benefício. É importante deixar claro a intensão da empresa com cada colaborados, pois só assim é possível identificar a liderança e retê-la.

  9. Rodrigo Donizeti Albuquerque da Silva - 6 de March, 2015 @ 11:52 am

    Assim como a empresa tende a crescer o empreendedor deve ter ciência de que os seus colaboradores também desejam crescer.
    Muitas vezes o negócio se inicia de maneira informal para poder reduzir os custos operacionais, mas a medida em que sua empresa se desenvolve deve adquirir a formalidade e com isso formalizar os seus colaboradores e mostrar a eles de que forma a empresa pretende gratificá-los e com isso mostrar a projeção que eles podem ter continuando engajados ao projeto.
    Podem ser feito um plano de carreira ou até mesmo como foi feito no caso da webcore uma parcela de participação na própria empresa..

  10. Felipe Draque Vasoncelos - 13 de March, 2015 @ 6:20 pm

    A melhor forma de motivar os funcionários é agregar ao salário fixo uma remuneração variável baseada no desempenho. Aqueles funcionário excepcionais e indispensáveis à empresa devem ser ainda mais valorizados, até mesmo com participação na empresa. Dessa maneira, cria-se um vínculo com a empresa à medida que o funcionário passa a ser também dono. O trabalho em equipe pode ser incentivado por reuniões periódicas.

  11. Gabriel Teles - 13 de March, 2015 @ 10:56 pm

    O reconhecimento é a base para motivar um profissional a sempre querer dar seu melhor para a empresa, também pode ser implementado incentivos financeiros ou não, tais como: bônus por produtividade, sistema de rodízio de folgas para os que cumprirem suas metas.
    Os líderes ou funcionários-chave apresentarão desempenho superiores e frequentes, alto grau de envolvimento com os componentes da equipe, conhecimento na área e conquistando respeito.

  12. Paolla Felizardo Lima - 14 de March, 2015 @ 12:25 am

    Duas palavras definem para mim estas perguntas: FEEDBACK e TREINAMENTO. Estas duas ações são capazes de motivar, desenvolver e capacitar os funcionários de uma forma surreal. O que transmite a ideia de que a empresa se importa com o seu desenvolvimento contínuo e o valoriza.

  13. Carlos Gottsfritz - 14 de March, 2015 @ 2:50 pm

    Motivar os funcionários é algo muito complexo, pois o que nos deixa motivados varia de pessoa para pessoa, mas algumas estratégias são razoavelmente comuns, como manter um ambiente de trabalho agradável e saudável, fazer com que a equipe se sinta parte importante do que está acontecendo na empresa e claro fornecer recompensas financeiras que mantenham as pessoas focadas no trabalho sempre ajudam.

  14. Armen Babikyan -MBA USP - 14 de March, 2015 @ 7:10 pm

    Uma opção para reter talentos seria dar participação da empresa para os mesmos. Aumenta o sentimento de responsabilidade, instruir valores da empresa para todos. O trabalho em equipe pode ser estimulado através da descentralização da empresa em varias entidades sendo cada uma autônoma e todos reportando a uma central.

  15. Sofia Barral Lima Felipe da Silva (PECE/USP) - 14 de March, 2015 @ 8:46 pm

    Uma equipe se assemelha muito à família, onde os líderes têm função de orientar e de dar suporte em momentos desafiadores.
    Quando há confiança entre os envolvidos, quando se reconhece as qualidades e pontos a serem desenvolvidos em cada membro,
    é fácil cultivar sentimentos de orgulho, de cuidado, têm-se o objetivo de ver o outro crescer. Esse tipo de preocupação,
    ao partir de quem está à frente do grupo, se multiplica. As pessoas passam a ter o mesmo espírito de “família” e o trabalho
    em equipe se torna mais honesto e engajado. Além disso, também é necessário entender que não é apenas o empreendedor quem busca
    reconhecimento, todos que estão fazendo o negócio acontecer querem sentir que são parte do sucesso. Reconhecer em atitudes, em
    público e também financeiramente é importante para reter pessoas.
    Incentivar o aparecimento de lideranças chave, dentro desse mind set, é natural. Os mais engajados com o projeto são vistos
    facilmente. É importante dar à eles a responsabilidade que procuram ter, a liberdade que todo empreendedor busca (nessa caso,
    o corporativo). Líderes são automotivados, mas precisam desses combustíveis para terem desejo de crescer atuantes em um contexto.

  16. Leticia Cardoso (mba- usp) - 14 de March, 2015 @ 9:03 pm

    Profissionais talentosos sabem do seu potencial e do quanto representam para empresa, por isto, na minha opinião, oferecer treinamentos e cursos de aperfeiçoamento, incluí-los nas decisões estratégicas ligadas à melhoria da empresa e, nos casos das empresas maiores, oferecer % de participação acionária/societária.

  17. Elis Cristina - 14 de March, 2015 @ 9:33 pm

    Uma simples e eficaz ferramenta para incentivar funcionários é lhes dando certas autonomias que os fazem sentirem como parte real da empresa, ou seja, como se fossem, também, donos desta. Hoje em dia donos de empresas estão tendo, cada vez mais, dificuldade em preservar grandes talentos como funcionários, principalmente porque esses talentos não se sentem valorizados e acreditam que podem fazer a diferença trabalhando por conta, entretanto, uma possibilidade de mantê-los nas empresas é fazendo com que eles se sintam significativos e possam cada vez mais contribuir para o crescimento da empresa e não serem tratados apenas como força de trabalho.

  18. Alisson Felipe dos Santos - 14 de March, 2015 @ 9:43 pm

    Para motivar os funcionários e reter os bons talentos deve-se elaborar um ótimo planejamento estratégico, identificar claramente o diferencial da empresa no mercado, estabelecer metas e criar politicas e uma filosofia que façam os colaboradores se comprometerem com os resultados da empresa e com o seu crescimento no mercado. Além disso, a empresa deve promover nos seus colaboradores o sentimento de responsabilidade com os projetos, tornando-os mais proativos e mais integrados aos objetivos estratégicos da empresa, também é uma boa pratica realizar periodicamente treinamentos específicos para promover novos conhecimentos e aprimoramento técnico em várias habilidades. A empresa também deve promover ações internas que incentive a discussão entre os colaboradores sobre suas principais necessidades. Para incentivar o trabalho em equipe e identificar as lideranças-chave, a empresa deve tomar ações que promovam uma maior participação dos seus colaboradores no processo de decisão, criação e desenvolvimento dos projetos fazendo-os se sentirem donos e responsáveis pela empresa.

  19. Mauricio Basilio de Lima - 14 de April, 2015 @ 6:44 pm

    A motivação dos funcionários ocorrerá com a criação de um plano de participação nos lucros da empresa.
    Este plano deve ser através da promoção de eventos abertos a participação de todos os funcionários com o objetivo de mostrar uma visão positiva de futuro da empresa e da importância do trabalho em equipe que permitirá o crescimento de todos.

  20. josiane - 15 de May, 2016 @ 7:47 am

    Devido ser uma empresa em fase de expansão, deve pensar no crescimento dos funcionários também , oferencedo oportunidades dentro da empresa a curto prazo estipulando metas e avaliações de desempenho. O que um empregado visa é o crescimento e profissional dentro de uma organização.

  21. Júlio Enrique Michelucci Caamaño - 3 de March, 2017 @ 1:57 pm

    Venho de uma empresa que a porcentagem de satisfação era em torno de 20% devido a isso a rotatividade de funcionários era muito grande.
    Os principais motivos para essa insatisfação era a falta de valorização do funcionário (em primeiro lugar), perspectiva de crescimento na empresa e clareza quanto ao futuro da empresa.
    Para motivar os funcionários todos devem ser conscientizados que quanto mais a empresa crescer mais os funcionários irão crescer juntos dando incentivos como uma porcentagem da empresa mesmo que seja simbólico, treinamentos, home office (mostra confiança no funcionário), …
    Para estimular o trabalho em equipe no caso de uma empresa com poucos funcionários é muito importante os eventos pós expediente, ex.: haapy hour, futebol e outros eventos que possam ser estimulados pela empresa.
    Júlio Enrique Michelucci Caamaño – PECE/USP

Comentário

Dr. José Dornelas

Empreendedor, palestrante e autor de livros best-seller.

[ veja a biografia ]

Meus Livros

Clique em cada livro para saber mais, degustar e comprar.

  • Empreendedorismo - 7ª Edição Revista e Ampliada Empreendedorismo - 7ª edição
    Transformando ideias em negócios. [+]
  • Plano de negócios com o modelo Canvas Introdução ao empreende- dorismo - 1ª edição
    Ludismo, jogos e empoderamento empreendedor. [+]
  • Plano de negócios, seu guia definitivo Plano de negócios, seu guia definitivo - 2ª edição
    Como planejar e criar um negócio de sucesso. [+]
  • Plano de negócios com o modelo Canvas Plano de negócios com o modelo Canvas
    Guia prático de avaliação de ideias a partir de exemplos. [+]
  • Empreendedorismo na Prática Empreendedorismo na prática - 3ª edição
    Mitos e verdades do empreendedor de sucesso. [+]
  • Empreendedorismo corporativoEmpreendedorismo corporativo - 3ª edição
    Como ser empreendedor, inovar e se diferenciar na sua empresa. [+]
  • Meus Outros Livros
Produzido por Webcore