1 de October, 2013

Caso 5 – Webcore – Dilema 1 – Livro Empreendedorismo

Fernando acredita que agora é o momento da Webcore se tornar uma grande empresa. Quais das opções estratégicas a seguir seriam as mais indicadas?
a) Ser adquirido ou fazer uma parceria com uma grande agência de publicidade que irá trazer muitos projetos para a empresa.
b) Receber aporte de um capitalista de risco e investir em marketing e na ampliação da equipe.
c) Criar produtos próprios que gerem receitas recorrentes. (Atualmente a empresa já está investindo um pouco nisso, mas sabe que esse crescimento é lento e no momento é secundário)

21 Comentários

  1. Flavio Mendes de Assis - 12 de March, 2014 @ 1:40 pm

    A empresa está num momento bom de expansão e o fazem com critério, priorizando a qualidade dos serviços à quantidade de clientes ou projetos. Tendo em vista o momento, não é interessante agora pensar em ser adquirido, fazer parceria com agências ou receber aporte de um capitalista de risco. O momento é propício para valorizar mais a empresa, e por isso a estratégia mais viável (das apresentadas na questão) é criar produtos próprios que gerem receitas recorrentes.
    Ainda que o crescimento é lento, com aumento da estrutura da empresa (vide meus comentários na questão 3 relativa a esse estudo de caso), é possível acelerar o desenvolvimento dos seus próprios produtos, acelerando também o crescimento esperado com essa ação.

  2. Alex Peixoto de Alencar - 20 de March, 2014 @ 10:40 pm

    No meu entendimento e segundo relato do próprio empreendedor citado neste caso, ele já adquiriu maturidade suficiente ao longo da vida da empresa e está disposto a aceitar um aporte financeiro de um investidor, pois a Webcore já tem uma reputação positiva no mercado e este aporte poderá alavancar estratégias mais agressivas de marketing além de permitir o crescimento da equipe.
    Alex Peixoto de Alencar – MBA Pece USP

  3. Rodrigo Antonio Viana - 22 de March, 2014 @ 3:49 pm

    B – Receber aporte de um capitalista de risco e investir em marketing e na ampliação da equipe, pois a sua empresa já se estabeleceu após passar por várias fases ele se sente preparado para receber este aporte financeiro.
    RODRIGO ANTONIO VIANA

  4. Gustavo de Castro Freitas (MBA USP) - 22 de March, 2014 @ 5:02 pm

    Avaliando o caso específico do Fernando, a melhor opção parece ser a segunda (b), qual seja, a de receber aporte de recursos de um capitalista de risco e investir nas estratégias que são vistas e planejadas como mais duradouras. A primeira opção também é uma alternativa, mas em ambos os casos o mais importante é estruturar a proposta que aponte o caminho sólido e promissor da Webcore, uma empresa já estabelecida e com reconhecimento do mercado.

  5. Marcus Vinicius Vardi Rodrigues - MBA USP - 22 de March, 2014 @ 8:05 pm

    Acredito na opcao (b) pois ele ja adquiriu experiencia e esta’ cuidando mais da gestao da empresa e portanto estaria apto a crescer com ajuda de investidores como ele mesmo enfatizou.

    E tambem ja percebeu que necessita de ajuda de pessoas experientes em suas respectivas areas, ja’ demonstradas no livro no caso do gestor financeiro por exemplo. E aplicando esse mesmo metodo para outros cargos e areas poderia deixar ele mais “livre” para discutir ideias e caminhos novos para a empresa.

  6. Márcio Zago (MBA USP) - 22 de March, 2014 @ 10:01 pm

    A opção A me parece mais adequada ao ramo de atividade. Estar associada a um grande grupo de comunicação trará novas demandas de produtos (que já estão em planejamento) pois a gama de clientes alinhados com o negócio da WEBCORE é significativo. São agencias de propaganda, ativação de marca, eventos e rp, mídia que já consomem os produtos da empresa e ainda necessitam de novas idéias para as marcas atendidas.

  7. Philippe de Abreu Duque - PECE/USP - 22 de March, 2014 @ 10:22 pm

    Fernando também cita a necessita de sua equipe ser mais proativa, talvez seja o momento de aumentar a equipe e investir em marketing através de um aporte de um capitalista, conforme citado na alternativa B. Outro foco da Webcore é ter menos projetos e com maior valor agregado, portanto as alternativa C que cita criar produtos próprios que gerem receitas recorrentes não é interessante, bem como a alternativa A, onde o foco é trazer muitos projetos, o que não vai de encontro com as expectativas de Fernando.

  8. David Henrique Branco Padrão - 23 de March, 2014 @ 9:59 pm

    Acredito que ser adquirida ou fazer parceria não seja o perfil dos sócios, que também buscam satisfação pessoal. Criar produtos próprios que gere receitas pode prejudicar a atual estratégia de marketing e a atual flexibilidade do produto que já tem aceitação. Penso que seja a hora de um aporte financeiro para investir sim em marketing e ampliação de equipe.

  9. Rodrigo Donizeti Albuquerque da Silva - 6 de March, 2015 @ 11:43 am

    No meu ponto de vista o ideal seria o aporte de um investidor para ter capital para marketing e aprimoramento do time, para assim conseguir conquistar e manter mais cliente nos segmentos em que trabalham.
    Pois eles já diversificaram seus esfroços no segmentos de mercado potenciais.

  10. Felipe Draque Vasoncelos - 13 de March, 2015 @ 6:16 pm

    A opção B seria a mais indicada, pois a equipe está estruturada e a empresa já atingiu um “corpo” e encontra-se prepara para receber um aporte, de maneira a investir em marketing para aumentar as vendas (ponto crucial no momento) e ampliação da equipe para atender a essa demanda.

  11. Paolla Felizardo Lima - 14 de March, 2015 @ 12:20 am

    B) Sendo o foco principal da Webcore no momento se tornar um grande empresa, a curto prazo, o aporte seria a melhor opção, pois iria tornar possível atingir este objetivo mais rapidamente do que as outra opções dispostas, haja visto que novos produtos já estão sendo desenvolvidos, entretanto o retorno será a longo prazo. Uma aquisição poderia ser uma boa opção porém seria mais demorado o seu retorno, pois a integrações e sinergia de culturas deveriam ter que ser traçadas e implementadas, para que o objetivo de expansão fosse consolidado, o que não é tão simples quando se trata de pessoas que possam vir com certas resistências.

  12. Carlos Gottsfritz - 14 de March, 2015 @ 2:50 pm

    Uma mistura das estratégias B e C. Criar produtos que gerem receitas recorrentes é sempre importante, mas não seria muito frutífero se a empresa não tiver fluxo de caixa para contratar pessoal para vender esses produtos e organizar campanhas de divulgação.

  13. Armen Babikyan -MBA USP - 14 de March, 2015 @ 7:08 pm

    A melhor opção seria receber aporte de um capitalista de risco e investir na empresa. A empresa está bem estruturada e tem um nome no mercado. Todos os ingredientes para o sucesso.

  14. Sofia Barral Lima Felipe da Silva (PECE/USP) - 14 de March, 2015 @ 8:25 pm

    No artigo sobre a , Fernando Chamis relata sua relação com invstidores que, por vezes os procuraram. Ao citar que começam a sentir que a empresa está ficando pronta para receber esse tipo de capital, o empreendedor deixa claro a importância de estruturação e maturação para entrar em uma fase de expansão pautada no investimento. Essa parece uma boa solução para a Webcore, uma vez que têm uma equipe qualificada, porém pequena e, ainda sentem dificuldades comerciais para expandirem seu mercado.

  15. Leticia Cardoso (mba- usp) - 14 de March, 2015 @ 8:59 pm

    Receber aporte de um capitalista de risco e investir em marketing e na ampliação da equipe, pois pelo contexto a empresa já tem estrutura para manter os compromissos firmados e está pronta para crescer.

  16. Alisson Felipe dos Santos - 14 de March, 2015 @ 9:25 pm

    A melhor opção estratégica seria receber um aporte de um capitalista de risco e investir em (marketing) e na ampliação da equipe, pois a empresa já está totalmente estruturada e preparada para receber esse tipo de investimento.

  17. Elis Cristina - 14 de March, 2015 @ 9:31 pm

    Alternativa b: Receber aporte de um capitalista de risco e investir em marketing e na ampliação da equipe.

  18. Mauricio Basilio de Lima - 14 de April, 2015 @ 6:40 pm

    A opção mais indicada para o crescimento da empresa é a opção “b”, trazendo um aporte de recursos para investir em marketing e ampliação da equipe com destaque para a área de planejamento e vendas.

  19. josiane - 15 de May, 2016 @ 7:40 am

    A empresa ja esta estabilizada, com grande numero de cliente s e funcionários, então acredito que é preciso no momento investir em marketing , recebendo apoio de capitalista de risco e assim ampliar a sua equipe para ter maior resultados.Então a opção é a b.

  20. Júlio Enrique Michelucci Caamaño - 3 de March, 2017 @ 1:13 pm

    Pelo relato do Fernando Chamis a empresa possui uma boa estrutura e organização sendo atraente para um grande investidor. Nesse momento vejo que é necessário investir em marketing de forma mais agressiva. Considero a opção “B” a mais apropriada.
    Júlio Enrique Michelucci Caamaño – PECE/USP

  21. Carla Rani Rocha Arantes - 3 de March, 2017 @ 4:12 pm

    Diante da descrição do caso, parece mais interessante que o Fernando busque alavancar seu negócio recebendo aporte de capitalista de risco e, assim, invista em conquistar mais clientes bem como aumentar sua capacidade de produção. Alternativa B.

Comentário

Dr. José Dornelas

Empreendedor, palestrante e autor de livros best-seller.

[ veja a biografia ]

Meus Livros

Clique em cada livro para saber mais, degustar e comprar.

  • Empreendedorismo - 7ª Edição Revista e Ampliada Empreendedorismo - 7ª edição
    Transformando ideias em negócios. [+]
  • Plano de negócios com o modelo Canvas Introdução ao empreende- dorismo - 1ª edição
    Ludismo, jogos e empoderamento empreendedor. [+]
  • Plano de negócios, seu guia definitivo Plano de negócios, seu guia definitivo - 2ª edição
    Como planejar e criar um negócio de sucesso. [+]
  • Plano de negócios com o modelo Canvas Plano de negócios com o modelo Canvas
    Guia prático de avaliação de ideias a partir de exemplos. [+]
  • Empreendedorismo na Prática Empreendedorismo na prática - 3ª edição
    Mitos e verdades do empreendedor de sucesso. [+]
  • Empreendedorismo corporativoEmpreendedorismo corporativo - 3ª edição
    Como ser empreendedor, inovar e se diferenciar na sua empresa. [+]
  • Meus Outros Livros
Produzido por Webcore